Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 19 de October de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Após reunião tensa, Maia descarta abrir impeachment

Por R7
Publicado em 02 de fevereiro de 2021 às 00:37H

Compartilhe:

Após uma reunião tensa nesta segunda-feira (1º), os líderes da Câmara dos Deputados fecharam acordo sobre a distribuição dos cargos na Mesa Diretora.

O PL ficará com a primeira vice-presidência, o PSD com a segunda vice-presidência, o PT com a primeira secretaria, o PSDB com a segunda-secretaria, PSL com a terceira e a Rede com a quarta-secretaria. Republicanos, PDT, PSC e DEM ficarão com as suplências.

A distribuição é feita por acordo e leva em conta o tamanho das bancadas eleitas nas últimas eleições.

De acordo com relatos por pessoas que participaram do encontro, a reunião foi tensa, com troca de farpas entre o presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) e o candidato apoiado pelo Planalto, Arthur Lira (PP-AL).

Houve questionamentos sobre o registro da chapa, pelo MDB e PT (na formação do bloco) que poderia estar fora do prazo no sistema, que era meio-dia desta segunda (1º). O bloco de Lira defendeu que chapa do MDB fosse invalidada, mas Maia defendeu a validade dos dois registros porque o sistema teria apresentado problemas.

Aliados de Lira chegaram e bandonaram a reunião, que foi suspensa por um tempo. Ao final, Lira disse que irá ganhar no voto: “Vamos disputar sim a eleição. E vamos ganhar no voto”

Ao final da reunião, Maia falou sobre pedido de impeachment: “Eu nunca disse que daria continuidade ao processo”.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend