Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 20 de June de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Garotinho recebeu R$ 3 milhões em contrato fictício com a JBS, diz delator

Por MSN
Publicado em 22 de novembro de 2017 às 16:30H

Compartilhe:

O empresário André Luiz da Silva Rodrigues informou ao Ministério Público Eleitoral que a sua empresa Ocean Link Solutions Ltda realizou um contrato simulado com a JBS para viabilizar a doação de R$ 3 milhões para a campanha do ex-governador do Rio, Anthony Garotinho (PR). Rodrigues procurou a Polícia Federal para fazer a delação, que embasou a prisão preventiva de Garotinho, de sua mulher Rosinha Garotinho, e outras sete pessoas nesta quarta-feira, 22.

Outro preso foi Ney Flores Braga, um dos responsáveis pela arrecadação de dinheiro para a campanha de Garotinho em 2014. O delator contou que, em reunião determinada por Anthony Garotinho, alguém da empresa JBS faria contato com o empresário Brauny, seu sócio na empresa Ocean Link, para tratar de uma contratação.

Segundo o MPE, Rodrigues contou que o negócio foi firmado tempo depois, “restando esclarecido posteriormente que o contrato entre a Ocean Link e a JBS seria simulado com vistas a transferir, mediante conta bancária e nota fiscal fria, R$ 3 milhões de reais que deveriam ser repassados para o réu Anthony Garotinho utilizar em sua campanha eleitoral para o Governo do Estado do Rio de Janeiro”, diz, na denúncia.

Garotinho foi preso na manhã desta quarta-feira, 22, e encaminhado para a sede da Polícia Federal no Rio e depois para o Instituto Médico Legal (IML). Rosinha foi levada para a sede da PF no município de Campos.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend