Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 27 de July de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Helder e Hamilton Mourão assinam acordo de cooperação por meio da Embrapa

Por ORM
Publicado em 08 de julho de 2020 às 18:36H

Compartilhe:
Reunião e assinatura de ato se deu no Palácio dos Despachos, em Belém (Marco Santos / Agência Pará)

O governo do Pará e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) firmaram, nesta quarta-feira (8), um acordo de cooperação técnica. A ideia é de que os produtores paraenses utilizem tecnologias e soluções inovadoras para ampliar a produção preservando o meio ambiente. O ato foi assinado durante reunião de trabalho realizada pelo governador Helder Barbalho e o presidente do Conselho Nacional da Amazônia Legal e vice-presidente da República, Hamilton Mourão, no Palácio dos Despachos, em Belém. O encontro também contou com a presença de representantes do setor produtivo, Embrapa, técnicos da vice-presidência, além de secretários e dirigentes do Estado.

O vice-presidente da República ressaltou que o Conselho Nacional da Amazônia Legal é uma ferramenta de gestão articuladora do governo federal nos Estados. Hamilton Mourão também salientou a importância da integração entre União, Estado, municípios e setor produtivo.

“Hoje tivemos essa reunião com convergência de propósitos em torno do que é necessário ser feito para avançarmos na produtividade da região, preservação do meio ambiente e impedir que ilegalidades, como desmatamento e queimadas, ocorram”, disse Hamilton Mourão.

O governador Helder Barbalho ressaltou a importância das ações repressivas no enfrentamento de crimes ambientais na Amazônia, porém, destacou a necessidade de o poder público avançar na implementação de políticas públicas inovadoras que auxiliem na mudança de cultura e comportamento dos produtores. O governador destacou o desafio de equilibrar a sustentabilidade com vocações econômicas para garantir emprego e renda para a população. 

“É fundamental para solução do desenvolvimento sustentável que possamos ter alguns pilares da estratégia. Comando, controle e fiscalização para poder repreender a ilegalidade. Termos, também, a regulamentação fundiária, assistência técnica e o apoio ao fomento para garantir que os produtores possam ser sustentáveis e, com isso, estaremos garantindo que produzam sem derrubar a floresta” – governador Helder Barbalho.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend