Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 20 de October de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Justiça Federal no Pará já julgou 13,2 mil processos em plantão extraordinário

Por ORM
Publicado em 13 de abril de 2020 às 11:12H

Compartilhe:

A Justiça Federal no Pará já julgou 13.237 processos, até o momento, dos quais 12.612 em dias úteis, desde o dia 18 de março, quando começou o plantão extraordinário decretado pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região como parte das medidas adotadas para conter o avanço do coronavírus.

Foram julgados, em média, 742 processos por dia útil, e as movimentações feitas por funcionários da Justiça Federal chegam a quase 70 mil. O número de processos em tramitação que têm relação com o covid-19 chegam a 234.

A movimentação processual refere-se tanto à sede da Justiça Federal em Belém, como nas Subseções Judiciárias que funcionam nos municípios de Santarém e Marabá (com duas varas cada uma), além das varas únicas de Altamira, Castanhal, Redenção, Paragominas, Tucuruí e Itaituba. Em Belém, a estrutura da Justiça Federal é formada por 12 varas, além de duas Turmas Recursais, que apreciam recursos de decisões proferidas em quatro Juizados Especiais Federais.

A produtividade da Justiça Federal durante o período emergencial da pandemia, tanto no Pará como nas demais 13 Seções Judiciárias que compõem a 1ª Região, podem ser acompanhadas por meio do Painel de Acompanhamento da Produtividade Durante o Plantão Extraordinário, ferramenta desenvolvida pela Divisão de Estatística (Diest) do TRF1. Pela plataforma é possível visualizar, com atualização diária, os dados de produtividade, conforme determinação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), para que seja monitorada e divulgada a atuação jurisdicional e a prestação de serviços públicos pelo Poder Judiciário durante o período emergencial decorrente da pandemia.

Recursos

No Pará, a Justiça já destinou até agora R$ 761 mil para hospitais de várias regiões do Estado, que poderão aplicar os recursos na aquisição de materiais e equipamentos relacionados à prevenção e ao combate ao novo coronavírus.

Além da Subseção de Santarém, que liberou cerca de R$ 280 mil ao Hospital Regional do Baixo Amazonas e ao Hospital Municipal Alberto Tolentino Sotelo, ambos situados no município, o mais populoso em toda a região oeste do Pará, a Justiça Federal nos municípios de Castanhal, na região nordeste do Pará, Itaituba, no oeste do estado, Marabá e Tucuruí, no sul paraense, repassaram R$ 481 mil para vários hospitais.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend