Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 04 de June de 2020
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Brasileiro coordenador de bancos de leite materno ganha prêmio da OMS

Por G1
Publicado em 14 de fevereiro de 2020 às 06:41H

Compartilhe:

A Organização Mundial da Saúde concedeu a um brasileiro um dos prêmios mais importantes da área. O pesquisador da Fiocruz coordena uma rede global de bancos de leite materno.

A Laíz e o Fábio são os pais de um bebezinho. O Daniel precisa de cuidados especiais na UTI.

Mas a família sabe que ele está recebendo o melhor remédio do mundo.

“Acho que é amor. Eu acho que o leite materno tem tudo que o bebê precisa”, diz Laíz.

Enquanto Laíz não consegue amamentar, o filho dela bebe leite de quem se dispõe a doar. Mulheres como a Janaína.

“Mãe de leite. Nossa, tenho muito filho por aí então.”

Criar lugares onde essa troca fosse possível era o sonho de João Aprígio, pesquisador do Instituto Fernandes Figueira, ligado à Fiocruz, no Rio.

Há 35 anos, decidiu criar uma rede de bancos de leite humano pelo SUS. Era caro demais importar máquinas, embalagens. Mas os cientistas brasileiros deram um jeito de baratear os custos.

“Não fazia diferença estatística significativa se usasse a embalagem padronizada importada ou os frascos de café solúvel e de maionese, que são recicláveis, lavados e higienizados de forma segura.”

A ideia se multiplicou. São 224 bancos de leite espalhados pelo Brasil. Bebês que precisam de leite materno, mães dispostas a doar e mulheres em busca de orientações sobre como amamentar se unem nessa imensa rede, que já chamou a atenção de outros países.

O modelo brasileiro dos bancos de leite virou inspiração para o mundo. O Brasil passou a coordenar uma rede global de bancos de leite que já reúne 31 países.

A dedicação do pesquisador brasileiro em promover a amamentação e reduzir a mortalidade infantil foi reconhecida pela Organização Mundial da Saúde. Em maio, ele vai receber o Prêmio Doctor Lee Jong Wook, em homenagem a cientistas que se destacaram na área da saúde pública.

“Poder olhar para isso hoje é olhar para a vida e poder agradecer a oportunidade que a vida dá. É uma belíssima oportunidade, e agradecer à minha família, minha mulher e meu filho pelo suporte.”

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend