Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 27 de January de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Campanha de vacinação contra a gripe atinge cerca de 60% do público-alvo no Pará

Por O Liberal
Publicado em 21 de maio de 2019 às 11:02H

Compartilhe:
Grupos prioritários são crianças, idosos, indígenas, gestantes população privada de liberdade, pessoas com doenças crônicas, puérperas, trabalhadores de saúde, professores e funcionários do sistema prisional. (Agência Brasil / Divulgação)

Aproximadamente 60% da população do Pará indicada para se vacinar contra a gripe procurou imunização nas unidades básicas de saúde durante a campanha de vacinação, em vigor desde o dia 10 de abril. A informação foi divulgada no início desta noite de segunda-feira (20), pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). Até 31 de maio, a meta é vacinar 2.074.497 pessoas ou, no mínimo, 90% desse total, que corresponde a 1.838.439 pessoas.

“Segundo estatísticas do Pará contidas no site do Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, até à tarde de segunda-feira, aproximadamente 60% da meta havia sido cumprida, correspondendo a 1.226.852 de pessoas vacinadas”, informou a nota da Sespa.

Nos grupos prioritários, os profissionais das forças de segurança e salvamento ainda permanecem como os menos vacinados, correspondendo a 26%; seguidos pelas crianças e indígenas (51% cada grupo); gestantes (52%), população privada de liberdade (57%); pessoas com doenças crônicas (65%); puérperas e trabalhadores de saúde (66% cada grupo); idosos (70%); professores (72%) e funcionários do sistema prisional (115%).

A Secretaria informa que o Pará está recebendo do governo federal 2.100.000 doses da vacina. “A vacinação é a principal medida preventiva contra a gripe, porém o Pará não alcançou a meta de 90% entre as crianças menores de cinco anos na Campanha de 2018, sendo, portanto, a prioridade neste ano de 2019”, alertou outro trecho da nota.

Aproximadamente 60% da população do Pará indicada para se vacinar contra a gripe procurou imunização nas unidades básicas de saúde durante a campanha de vacinação, em vigor desde o dia 10 de abril. A informação foi divulgada no início desta noite de segunda-feira (20), pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). Até 31 de maio, a meta é vacinar 2.074.497 pessoas ou, no mínimo, 90% desse total, que corresponde a 1.838.439 pessoas.

“Segundo estatísticas do Pará contidas no site do Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, até à tarde de segunda-feira, aproximadamente 60% da meta havia sido cumprida, correspondendo a 1.226.852 de pessoas vacinadas”, informou a nota da Sespa.

Nos grupos prioritários, os profissionais das forças de segurança e salvamento ainda permanecem como os menos vacinados, correspondendo a 26%; seguidos pelas crianças e indígenas (51% cada grupo); gestantes (52%), população privada de liberdade (57%); pessoas com doenças crônicas (65%); puérperas e trabalhadores de saúde (66% cada grupo); idosos (70%); professores (72%) e funcionários do sistema prisional (115%).

A Secretaria informa que o Pará está recebendo do governo federal 2.100.000 doses da vacina. “A vacinação é a principal medida preventiva contra a gripe, porém o Pará não alcançou a meta de 90% entre as crianças menores de cinco anos na Campanha de 2018, sendo, portanto, a prioridade neste ano de 2019”, alertou outro trecho da nota.

Quem deve ser vacinado

A vacinação é destinada aos que pertencem aos grupos prioritários: crianças com idade entre seis meses e menores de seis anos; grávidas em qualquer período gestacional; mulheres até 45 dias após o parto; trabalhadores da saúde; povos indígenas; pessoas acima de 60 anos; professores de escolas públicas e privadas; pessoas de qualquer idade com doenças crônicas, como diabetes e outras condições clínicas especiais.

Além disso, também devem se vacinar jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade, além de profissionais das forças de segurança e salvamento, incluindo policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas. Quem tomou a vacina contra a gripe em 2018, deve tomar novamente este ano. 

Reforço nas ações

Em todo o Pará, as vacinas da campanha contra a gripe estão disponíveis em 2.958 postos de vacinação fixos, com 21.350 pessoas envolvidas, incluindo 5.338 equipes de vacinação. Ainda segundo a Sespa, as ações e divulgações da campanha já estão sendo intensificadas.

“Nos municípios com menor desempenho, os contatos estão intensificados para incentivar gestões municipais a utilizarem intensivamente as estratégias da atenção primária, principalmente saúde da família; bem como na orientação sobre a inserção dos dados no sistema de informações, buscando a diminuição do sub-registro”, concluiu a nota.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend