Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 22 de April de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Muito ansioso? Evite alguns comportamentos

Por Noticias ao minuto
Publicado em 01 de agosto de 2017 às 10:50H

Compartilhe:

Nem sempre é possível controlar a ansiedade, mas tem coisas que podem ajudar.

A ansiedade é uma condição mental cada vez mais comum e que afeta crianças e adultos, estando muitas vezes associada ao estilo de vida e ao estresse diário.

Embora se espelhe de forma distinta de pessoa para pessoa, a ansiedade é uma patologia com um vasto leque de sintomas, que são muitas vezes desvalorizados ou até mesmo ignorados. Um deles é o medo.

“Sempre que algo está acontecendo com uma pessoa, seja a nível físico, mental ou entre ambos, existe uma grande possibilidade dos pensamentos, decisões e ações serem influenciados pela ansiedade”.

Quem o diz é a psicoterapeuta Judi Cinéas, que, em declarações ao site Bustle, explica como esta condição mental – muitas vezes desvalorizada e até mesmo confundida com impaciência – pode ser impactante e interferir diretamente com o bem-estar de uma pessoa, especialmente quando os comportamentos adotados nada mais fazem do que agravar este estado.

Perceber se se sofre ou não de ansiedade nem sempre é fácil. Escutar o corpo e procurar respostas junto de especialistas é o caminho a seguir, assim como encarar o problema de frente e perceber como pequenos gestos diários podem fazer toda a diferença – para o bem e para o mal.

Como explica a publicação, depois de falar com vários especialistas norte-americanos sobre esta doença mental, existem comportamentos que, em princípio, parecem inofensivos, mas que nada mais fazem do que aumentar os níveis de ansiedade, tornando esta condição o centro da vida de uma pessoa. Um desses comportamentos é o isolamento social, que não só deixa a pessoa mais ansiosa, como cria o ambiente ideal para o estresse e a tristeza se juntarem à ‘festa’.

Ingerir alimentos energéticos e que possam acelerar o batimento cardíaco (como o café) deve também ser evitado. Além disso, refugiar-se nas redes sociais, plataformas que têm-se assumido como verdadeiros inimigos da saúde e bem-estar, pois as pessoas tendem a sentir-se mais tristes e até mesmo mais invejosas ao verem as publicações ‘perfeitas’ das outras pessoas, sendo incapazes de perceber que aquela imagem é apenas um pequeno momento do dia ou até pode mesmo ter sido editada.

Tentar frear os pensamentos – especialmente os negativos – quando se está ansioso apenas vai fazer com que os níveis de ansiedade aumentem ainda mais e a eles se junte uma pitada de frustração, que em nada é bem-vinda.

Fazer das bebidas alcoólicas e de outros hábitos menos saudáveis ou corretos (como gastar dinheiro de forma impulsiva) uma forma de fugir à ansiedade são também de evitar.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend