Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 17 de October de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Polícia Civil promove capacitação sobre enfrentamento à violência contra a mulher

Por Agência Pará
Publicado em 13 de agosto de 2021 às 00:09H

Compartilhe:

A Polícia Civil do Pará, por meio da Academia de Polícia do Estado (Acadepol) e da Diretoria de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAV), promoveu na tarde desta quinta-feira (12) um projeto pedagógico com o tema “Ferramentas Investigativas para enfrentamento à violência contra mulher”, alusivo aos 15 anos da Lei Maria da Penha, completados no último sábado (7).

Com o objetivo de conhecer mais sobre a Lei nº 11.340/2006 e as legislações pertinentes, o curso foi ministrado para capacitar os servidores sobre as técnicas de investigação disponíveis, qualificando-os para atender vítimas de violência doméstica e familiar. O público-alvo é formado por profissionais da Divisão Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) e Diretoria de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAV), totalizando 100 inscritos.

As palestras foram ministradas virtualmente. Divididas em quatro momentos, abordaram temas como Identificação e Combate ao Crime de Stalking; Ferramentas da Seção de Inteligência; Análise de Dados Telemáticos e Inteligência de Fontes Abertas. Cada tópico abordado foi comentado por agentes femininas da PC, as delegadas Daniela Borges, Lua Figueiredo e Jacqueline Valadares (da Polícia Civil de São Paulo), e a investigadora Thaiana Alvarenga.

Proteção

A capacitação reforça o comprometimento da Polícia Civil em proteger as vítimas de violência doméstica e familiar e combater esse tipo de crime. As ações reforçam a importância dos servidores se qualificarem cada vez mais, reconhecendo e fortalecendo o trabalho integrado entre a Diretoria de Atendimento a Grupos Vulneráveis, o Núcleo de Inteligência Policial (NIP), a Diretoria Estadual de Combate a Crimes Cibernéticos (DECCC) e a Diretoria de Polícia de Interior (DPI).

“Essa capacitação foi realizada com o intuito de fornecer novas temáticas importantes para a investigação de crimes envolvendo mulheres, em especial nesse momento em que nós comemoramos os 15 anos da Lei Maria da Penha. É importante para o trabalho policial que se tenha acesso a conteúdos e ferramentas de investigação e inteligência, para fornecer mais qualidade aos inquéritos policiais, não focando somente na quantidade, mas se preocupando em realizar um atendimento bem feito com base nos instrumentos que nós possuímos”, ressaltou a delegada Ariane Melo, diretora da DAV.

Durante a campanha Agosto Lilás, que dedica o mês à conscientização para o fim da violência doméstica, e em alusão aos 15 anos da Lei Maria da Penha, a Polícia Civil vem promovendo ações que chamam a atenção dos servidores, preparando-os, cada vez mais, para atender as mulheres e combater esse tipo de criminalidade.

Serviço: Em casos de violência doméstica e familiar contra a mulher, a vítima ou denunciante pode procurar uma unidade de atendimento especializada ou a Delegacia de Polícia mais próxima, podendo também recorrer à Central de Atendimento à Mulher pelo número 180, da Delegacia Virtual, ou do Disque Denúncia, por meio do WhatsApp (91) 98115-9181.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend