Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 16 de January de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

É cada vez mais crítica a situação dos motoristas que trafegam pela Transcametá

Por Paco Martins
Publicado em 02 de março de 2017 às 17:06H

Compartilhe:

transcameta-2Inverno, chuva, lama e atoleiro. Esta, está sendo a realidade de quem precisa andar pela rodovia BR-422 entre os municípios de Tucuruí e Cametá.

Sem condições de concluir a viagem, motoristas são obrigados a esperar por socorro ou contar com a solidariedade para conseguir chegar ao destino.

DCIM100MEDIADJI_0120.JPG

As fortes chuvas que vem caindo na região nordeste paraense, tem causado transtornos diários a condutores que além dos aborrecimentos tem que arcar com os prejuízos nos veículos.

DCIM100MEDIADJI_0119.JPG

“O fim de semana e feriado de carnaval não foram melhores por que a volta pra casa está sendo estressante, se soubesse teria ficado em casa, sem diversão, mas também ficaria sem meu carro quebrado, não teria passado fome, sede e tanto aborrecimento nessa estrada.” Salientou o motorista Raimundo.

DCIM100MEDIADJI_0115.JPG

A empresa responsável pela manutenção da rodovia enviou máquinas para iniciar os trabalhos, mas segundo os funcionários, por conta do inverno forte, está difícil trabalhar. “Colocamos o aterro, batemos, fazemos os canais para escoar a água, mas no dia seguinte está o mesmo problema, pois do chão, entre as pedras estão tendo olhos d’água.” Disse um funcionário da empresa.

DCIM100MEDIADJI_0105.JPG

Outro trecho que também tem registrado um grande número de reclamações é que liga Tucuruí a Novo Repartimento. Nos últimos dias, fileiras de carros foram registradas.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend