Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 20 de July de 2019
Sistema Floresta

Falta de merenda escolar vira CPI em Tucuruí

Por Floresta News
Publicado em 04 de junho de 2019 às 13:42H

Compartilhe:

A falta de merenda escolar, nos últimos dias, resultou em Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara Municipal de Tucuruí.
Na sessão ordinária de hoje (04), com ausência dos vereadores Lucas Brito e Nilvan Oliveira, os demais aprovaram a criação da CPI. Ficou definido que o Vereador Bena Navegantes, será o presidente; o Vereador Weber Galvão, relator e a Vereadora Ilma do Nenéo, como membro da comissão. 
A população, especialmente os pais dos alunos da Rede Municipal de Ensino, que não aceitaram o fato das crianças sairem mais cedo, em razão da falta de merenda escolar, comprometendo seu ano letivo e aprendizagem, e ao mesmo tempo os horários dos pais nos seus empregos, encheram as redes sociais e os veículos de comunicação, de protestos. 
O secretário, Ruberval Marco, que assumiu a menos de um mês, ainda não conseguiu fazer licitação para a compra de merenda para as escolas. Segundo ele, a secretária anterior havia realizado um processo em desacordo com a legislaçao vigente,o que atrasou o processo. 
Agora, tanto o secretário, quando  os demais envolvidos no processo da merenda escolar terão que explicar de quem é a culpa da falta de merenda nas escolas.
A CPI tem apenas o poder investigatório, ou seja, não pode punir ou entrar com uma ação criminal contra ninguém. No entanto, após as investigações levantadas pela Comissão, um relatório final e conclusivo pode ser apresentado ao Ministério Público para que este tome as devidas medidas de punição, se for o caso.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend