Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 20 de June de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Vídeo que mostra água transbordando no paredão da eclusa viraliza na internet

Por Floresta News
Publicado em 09 de junho de 2021 às 19:58H

Compartilhe:

O caso ocorreu no final da tarde desta quarta-feira, 09, na eclusa 1, na barragem de Tucuruí. Na gravação era possível ver água transbordando em um dos paredões da eclusa. O vídeo preocupou moradores da cidade, que fica no sudeste paraense.

Nossa equipe de reportagem foi informada por meio de nota que: “Durante testes operacionais de rotina na comporta de enchimento da eclusa 1 ocorreu o transbordamento de sua câmara. O fenômeno é denominado transiente hidráulico e, apesar de possível de ocorrer, já que essa câmara tem a função de uma chaminé de equilíbrio, é raro e só ocorre quando o lago encontra-se na cota máxima e a abertura total da comporta. Não existe qualquer risco estrutural ou funcional da eclusa e não ocorrerá novamente, já que o teste visava a regulagem da abertura dessa comporta.”

Em nota oficial a Eletronorte disse o seguinte

“Em relação a um vídeo que circula nas redes sociais, acompanhado da informação de problemas de segurança na Usina Hidrelétrica Tucuruí, no Pará, a Eletronorte informa que o transbordo da água foi resultado de uma manobra nas Eclusas de Tucuruí, operadas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). A Hidrelétrica Tucuruí está segura, em operação normal. Mais informações sobre a manobra, podem ser obtidas junto ao DNIT.

Cabe destacar que todas as Usinas da Eletronorte são monitoradas e esse processo começa antes mesmo do enchimento dos reservatórios. O trabalho mobiliza diversos setores da Empresa, incluindo equipes especializadas lotadas em cada uma das usinas, fazendo monitoramento diário e manutenções preventivas constantemente.

Todas as barragens utilizadas para a geração de energia elétrica pelas empresas Eletrobras têm Planos de Segurança de Barragens (PSB) e de Ação de Emergência (PAE) que, concluídos, são protocolados e entregues aos órgãos competentes, em cumprimento à legislação vigente. Saiba mais em www.eletronorte.gov.br

As eclusas foram construídas para que as embarcações possam subir ou descer o rio no ponto em que foi construída a barragem, entre Tucuruí e Marabá, no sudeste paraense.

A eclusa é um sistema de transposição, com 210 metros de comprimento e 33 metros de largura. E foi construída para vencer o desnível de 72 metros entre o lago da Usina Hidrelétrica de Tucuruí e o Rio Tocantins.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend