Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 28 de October de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Anvisa autoriza aumento do prazo de validade da vacina da Johnson

Por R7
Publicado em 15 de junho de 2021 às 00:04H

Compartilhe:

A diretoria colegiada, via sistema deliberativo interno, aprovou extensão do prazo de validade da vacina Jansen, da Johnson & Johnson, contra a covid-19 de três meses para quatro meses e meio, sob condições de armazenamento de 2° a 8° C. O envio de 3 milhões de doses do imunizante contra a covid-19 estava previsto para esta terça-feira (15), mas foi adiado.

As vacinas tinham prazo de validade até 27 de junho. Por isso, o ministério teria poucos dias para a distribuição e aplicação das doses. A estratégia da pasta previa a distribuição em cinco dias com a utilização só nas capitais. Mas agora passam a ter um prazo de quatro meses e meio.

A vacina é fabricada pela Janssen, que é o braço farmacêutico da companhia Johnson & Johnson, e é ministrada em dose única, diferentemente das outras vacinas aplicadas no Brasil atualmente.

A farmacêutica havia solicitou, em 10 de junho de 2021, alteração de prazo de validade para a autorização temporária de uso emergencial, em caráter experimental, da vacina.

“A aprovação foi baseada em uma criteriosa avaliação dos dados de qualidade dos estudos que demonstrou que a vacina tende a se manter estável pelo período (4,5 meses) bem como considerou decisão da Agência Norte-americana (Food and Drug Administration – US FDA), que também aprovou a referida alteração em 10 de junho de 2021”, afirmou a Anvisa em nota.

No Brasil, a vacina da Jassen está autorizada para uso emergencial desde 31 de março de 2021. Esta vacina é a única aprovada pela Anvisa em dose única, e quando armazenada entre temperaturas de -25°C e -15° C, possui prazo de validade de 24 meses, a partir da data de fabricação.

A diretora relatora, Meiruze Freitas, destacou que, considerando o cenário pandêmico atual, a decisão é uma ação regulatória que permitirá a imediata ampliação do acesso a essa importante opção vacinal.

Balanço de vacinação

Segundo o Ministério da Saúde, mais de 109,5 milhões de doses de vacinas foram distribuídas desde 18 de janeiro, quando começou a campanha de vacinação contra a covid-19 no país. Dessas, mais de 76,7 milhões foram aplicadas, sendo 53,2 milhões de primeiras doses e 23,5 milhões. Até agora os imunizantes aplicados no país são CoronaVac, Oxford/AstraZeneca e Pfizer.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend