Na noite desta terça-feira (02/10), mãe, filho e padrasto saíram para pescar no rio Tocantins em um pedral localizado nas proximidades da barragem de Tucuruí. O filho do casal, um jovem de 21 anos, identificado como Lucas de Souza, estava banhando no rio quando foi surpreendido por uma forte correnteza.
Segundo o padrasto a água subiu rapidamente e quando Lucas foi tentar chegar à margem do rio, acabou sendo levado pela correnteza. O padrasto ainda conseguiu chegar até o jovem e deu um fio para ele segurar e começou a nadar puxando a vítima.
A mãe desesperada ouvia os gritos vindo do rio e nada poderia fazer a não ser pedir que o filho não soltasse o fio em que estava sendo puxado. Faltando poucos metros da beira do rio, Lucas informou que já não tinha mais forças para segurar o fio. O padrasto se aproximou um pouco mais do enteado e pediu que ele buscasse mais forças e não soltasse o fio, porém logo depois Lucas acabou submergindo.
Desesperado o padrasto ainda tentou localizar a vítima, mas devido a escuridão não foi possível. Logo os familiares foram acionados e ainda durante a noite começaram as buscas, mas o corpo só foi localizado por volta das 13h00 desta quinta-feira (04/10) nas proximidades da praia do amor. Uma equipe do Instituto Médico Legal – IML foi acionada para realizar a remoção do cadáver que foi encaminhado ao Centro de Perícias Científicas – CPC de Tucuruí.