Carregando...
Ao Vivo
Carregando...
Tucuruí, 17 de January de 2021
Sistema Floresta
SBT Ao Vivo

Caso Jones William volta a repercutir em Tucuruí

Por Floresta News
Publicado em 10 de janeiro de 2018 às 23:57H

Compartilhe:

A defesa de Josenilde Brito entrou com pedido de habeas corpus, com pedido de liminar, no STJ – Superior Tribunal de Justiça e pediu a manifestação do ministério público federal.

Os advogados de Josenilde Brito, argumentaram ilegalidade da prisão temporária de sua cliente e pediram, também, a anulação dos atos processuais, considerando que a justiça de primeira instância não teria competência no caso, cabendo ao Tribunal de Justiça do Pará, já que surgiram indícios da participação do prefeito afastado, Artur Brito, que tem foro privilegiado e é filho de Josenilde Brito.

Em parecer emitido pelo Ministério Público Federal, o subprocurador geral da república, Rodrigo Janot pediu que o processo que investiga a suposta participação de dona Josi brito na morte de Jones William, seja encaminhado ao Tribunal de Justiça do Pará.

Janot disse ainda, que o caso não poderia ser julgado por um juiz de primeira instância, porque existem suspeitas de participação do atual prefeito de Tucuruí, Artur Brito, filho de Josenilde Brito. Rodrigo Janot manifestou-se a favor do habeas corpus para Josenilde Brito.

Ao vivo
Floresta 104,7MHz
Carregando...

Send this to a friend